BRASILEIRO QUE AGREDIU NAMORADA EM TAMPA (FL) É CONDENADO A 30 DIAS DE PRISÃO

0
74


O estudante mineiro Erick Bretz, 27, foi novamente detido pela polícia do condado de Hillsborough, na região de Tampa (FL), por causa da acusação de agressão à também mineira Melissa Gentz em 2018, namorada do jovem na época.

Desta vez, Bretz, estudante da Universidade de Miami, foi preso no dia 22 de outubro e vai ficar por 30 dias detido como condenação por estrangulamento e dano corporal grave à ex-namorada, de acordo com sentença após audiência em que o acusado não confessou o crime.

Em 2018, após a denúncia de Melissa, o acusado chegou a ser preso, mas foi solto após pagar fiança de $7,5 mil.

Em seu perfil no Instagram, Melissa Gentz falou sobre a condenação e o caso. “Posso dizer que isso foi uma grande vitória pra mim. Apesar dele não ter confessado o crime, ele fez uma declaração de não contestação.

Com isso, o juiz decidiu que ele é sim responsável por ter cometido um crime, que no caso foi de estrangulamento. Novamente agradeço a todas as pessoas que sempre me apoiaram. Os que não apoiaram minha história infelizmente colocam o dinheiro da família Bretz em primeiro lugar”, escreveu.
De acordo com o relatório de prisão do Hillsborough County Sheriff’s Office, o caso do jovem será verificado também pelo U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE).A agressão a Melissa

A agressão a Melissa aconteceu em setembro de 2018, no apartamento de Bretz, segundo a jovem, que na desde então aproveitou para fazer o alerta sobre relacionamentos abusivos. Melissa contou à polícia do condado de Hillsborough que foi estrangulada, teve os cabelos arrancados e ingeriu soro fisiológico ao ser torturada por Erick Bretz.

Vídeos postados por Melissa mostravam hematomas, porta quebrada e outras imagens e áudios das agressões. 

O casal é natural de Belo Horizonte e estava junto há três meses, quando ela esteve de férias na capital mineira. Morando na Flórida desde janeiro de 2015, a jovem veio para estudar biologia celular e molecular na University of South Florida, onde se formou em maio de 2019. 

Campeão de motocross, este ano Bretz foi novamente detido em setembro deste ano por espancar outra mulher com quem estava se relacionando. Entretanto, a vítima retirou a queixa após negociar com os advogados da família dele. Na ocasião, a mãe do agressor, Monica Bretz, comentou que o caso era uma “briguinha boba de namorados “e que “a menina que divulgou está querendo aparecer”.

Leia mais detalhes sobre o caso nos links abaixo e o vídeo de Melissa, onde ela mostra a agressão: 

BRASILEIRO É PRESO POR ESPANCAR A NAMORADA EM TAMPA (FL)

BRASILEIRO QUE ESPANCOU NAMORADA EM TAMPA (FL) SAI DA PRISÃO

BRASILEIRO PRESO EM 2018 EM TAMPA (FL) É DETIDO POR NOVA AGRESSÃO



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here