quarta-feira, abril 17, 2024
HomeInternacionalLos Angeles vai distribuir cartões pré-pagos de até US $ 1,500 para...

Los Angeles vai distribuir cartões pré-pagos de até US $ 1,500 para indocumentados

Diante da crise que atingiu os Estados Unidos causada pela pandemia de Coronavirus, os governos estão se mobilizando para ajudar suas comunidades que são obrigadas a ficarem em casa, sem trabalho. O problema é que os imigrantes indocumentados não têm direito à maioria dos benefícios, tanto federal quanto estadual.

Mas a cidade de Los Angeles, na Califórnia, está fazendo a sua parte para ajudar a todos os residentes, independentes do status de imigração. A prefeitura anunciou que distribuirá cartões de débito pré-pagos aqueles que enfrentam dificuldades econômicas e moram no país ilegalmente.

As autoridades da cidade começaram a aceitar aplicações do cartão de débito sem taxa que fornece dinheiro aos residentes que já viviam abaixo da linha de pobreza antes do início da crise do coronavírus e que tiveram suas rendas reduzidas drasticamente devido ao surto.

De acordo com as informações, os chamados de “Angeleno Cards” serão carregados com US $ 700, US $ 1.100 ou US $ 1.500, dependendo da renda e do tamanho de cada família.

Como alguém se qualifica para esses cartões? O requerente deve viver dentro dos limites da cidade, esteja vivendo abaixo da linha de pobreza antes do início da crise do COVID-19 e viu sua renda cair pelo menos 50% devido ao surto viral.

O prefeito Eric Garcetti declarou, nesta segunda-feira (20), que ser um imigrante indocumentado não influencia na elegibilidade e que “os candidatos não serão questionados sobre o status de imigração”.

Os moradores da cidade parecem estar em extrema necessidade dos fundos. Quando o governo começou a aceitar pedidos na semana passada, o site caiu devido ao volume de tráfego intenso, e as pessoas que optaram por se inscrever por telefone relataram longos tempos de espera.

“O HCIDLA solicita sua paciência enquanto melhoramos a capacidade do site que está sobrecarregado pelos milhares de acessos de pessoas que tentam baixar o aplicativo simultaneamente. Pedimos desculpas pelo transtorno”, twittou o Departamento de Habitação e Investimentos Comunitários de Los Angeles.

Dependendo do número de candidatos elegíveis, os funcionários podem ter que selecionar aleatoriamente quem receberá um cartão.

Ao contrário de outras iniciativas em toda a cidade para ajudar as vítimas do bloqueio econômico, esse programa não está sendo financiado pelos contribuintes. O prefeito disse que o dinheiro vem de uma parceria entre o Mayor’s Fund for Los Angeles, organização sem fins lucrativos, e a City Possible, da Mastercard.

Outras cidades, como Minneapolis (Minnesota) e Chicago (Illinois), estão fornecendo alívio a imigrantes indocumentados. No entanto, a Califórnia se destaca como um estado que é um dos principais defensores de tais esforços.

O governador democrata, Gavin Newsom, já estabeleceu um fundo de ajuda para empresas no estado que são administradas por imigrantes indocumentados e, no início de abril, ele confirmou que está a trabalhar com legisladores democratas para criar um “Fundo de Ajuda a Desastres” direcionado a ajudar os que estão em situação ilegal no país.

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments