Recuperação gradual da economia americana faz dólar operar em queda no Brasil

0
40


A notícia de que o mercado de trabalho nos Estados Unidos está em recuperação depois de dois meses com números muito negativos devido à pandemia do coronavírus, animaram o mercado e o dólar está operando em queda desde sexta-feira (5) no Brasil.

Nessa data o dólar fechou em queda de 2,66%, a R$ 4,9930, na menor cotação de fechamento desde 13 de março (R$ 4,8127). Na semana, acumulou queda de 6,44%, no recuo mais intenso para o período desde a última semana de outubro de 2008, segundo o ValorPro. Em 2020, no entanto, a moeda ainda tem alta de 24,52%.

O dólar opera em queda nesta segunda-feira (8), se mantendo abaixo do patamar de R$ 5.  Na tarde desta segunda, a moeda americana caía 2,28%, a R$ 4,8790.

Segundo informações da Reuters, o salto inesperado nos dados de emprego dos EUA alimentou esperanças de uma recuperação econômica global da pandemia de coronavírus mais rápida do que o inicialmente esperado.

Nesta semana, os economistas do mercado financeiro reduziram novamente a previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2020, conforme boletim “Focus” do Banco Central. A projeção passou de uma queda de 6,25% para um tombo de 6,48%.

Já projeção para a taxa de câmbio no fim de 2020 ficou estável em R$ 5,40. Para o fechamento de 2021, permaneceu em R$ 5,08 por dólar.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here